Francisco Rezek

Cadeira: 11  -  Patrono: Guido Fernando Silva Soares

francisco rezek 11

Perfil Profissional:

Jurista brasileiro, Graduado em direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) na turma de 1966, obteve um doutorado em Direito Internacional Público na Universidade de Paris em 1970.

Pesquisou mais tarde na Universidade de Oxford, onde foi eleito Honorary Fellow.

Em 1972, mediante concurso, ingressou na carreira de procurador da República, tendo chegado a subprocurador-geral da República em setembro de 1979.

Professor na UFMG, na Universidade de Brasília, onde dirigiu a Faculdade de Direito, e no Instituto Rio Branco.

Foi nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal em 1983, quando completava 39 anos de idade, para a vaga decorrente da aposentadoria do ministro Xavier de Albuquerque.

Presidiu o Tribunal Superior Eleitoral entre 1989 e 1990.

Nos dois primeiros anos do governo Collor foi Ministro das Relações Exteriores, período no qual o Brasil preservou sua política de não-alinhamento, abriu-se ao comércio exterior, liderou no plano regional a criação do Mercosul e preparou a conferência do Rio de Janeiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento.

Em 1992 voltou ao STF, aposentando-se em 1997, quando foi eleito pelas Nações Unidas para um mandato de nove anos na Corte Internacional de Justiça.

Em 2003 Rezek atuou no Caso Avena e Outros Nacionais Mexicanos, envolvendo o México e os Estados Unidos sobre violações da Convenção de Viena de 1963 sobre Relações Consulares

Ao final do mandato fixou-se em São Paulo, como advogado, lecionando ainda a Teoria do Direito Internacional nos cursos de Mestrado e Doutorado em Direito do Centro Universitário de Brasília (UniCEUB).