Acadêmico Alexandre de Moraes é empossado na Secretaria de Segurança - 21/12/2014

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou nesta quarta-feira (17/12/2014) o jurista e advogado Alexandre de Moraes como comandante da SSP (Secretaria da Segurança Pública) do Estado. Alexandre de Moraes substitui Fernando Grella Vieira, que estava à frente da pasta desde novembro de 2012.

Alexandre Moraes 300 dd978Moraes já anunciou nesta quarta-feira (17) ser contra o projeto de lei aprovado neste mês pela Assembleia Legislativa de São Paulo, e que ainda depende da sanção ou veto de Alckmin, que proíbe o uso de bala de borracha em protestos.

Sobre o histórico do novo secretário da SSP. 

Alexandre de Moraes é formado pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco (USP), em 1990, onde também obteve os títulos de doutor em Direito do Estado (2000) e livre-docente em Direito Constitucional (2001).

Foi professor associado da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, tendo sido Chefe do Departamento de Direito do Estado da FADUSP no biênio 2012-2014, professor titular da Universidade Presbiteriana Mackenzie e das Escolas Superior do Ministério Público de São Paulo e Paulista da Magistratura; além de professor convidado de diversas escolas da Magistratura.

Em 1991, foi o primeiro colocado no Concurso de Ingresso à Carreira do Ministério Público do Estado de São Paulo, tendo sido promotor de Justiça de 1991 a 2002.

Em janeiro de 2002, aos 33 anos de idade, foi nomeado o mais novo secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania da história do Estado de São Paulo, exercendo o cargo até maio de 2005, quando foi eleito para o CNJ.

De agosto de 2004 a maio de 2005, também acumulou a presidência da antiga Fundação do Bem-Estar do Menor (Febem/SP), hoje Fundação Casa.

Em junho de 2005, foi nomeado pelo presidente da República membro da 1ª composição do Conselho Nacional de Justiça (biênio 2005-2007).

De agosto de 2007 a junho de 2010, exerceu os cargos de secretário municipal de Transportes de São Paulo, acumulando as presidências da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e SPTrans (São Paulo Transportes – Companhia de Transportes Públicos da Capital) e, também, a titularidade da Secretaria Municipal de Serviços de São Paulo de fevereiro de 2009 a junho de 2010.

Alexandre de Moraes é autor de diversas obras jurídicas, entre elas livros sobre direito constitucional, direitos humanos, agências reguladoras e legislação penal especial.