Morre Antônio Rulli Junior, membro da APLJ

Morreu neste domingo (14/1) Antônio Rulli Junior, membro desta Academia, onde ocupava a Cadeira de nº 42. Desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de São Paulo era presidente do Colégio Permanente de Diretor de Escolas Estaduais da Magistratura (Copedem).

Seu falecimento aconteceu em Ubatuba (SP) quando sofreu um infarto nesta madrugada. O velório aconteceu na tarde de domingo no Cemitério do Araça, em São Paulo. O sepultamento está programado para às 9h desta segunda-feira (15/1), no Cemitério da Consolação.

antonio rulli junior 42Nascido em Campo Grande (MS), Antônio Rulli Junior aos 29 de janeiro de 1942, na Cidade de Três Lagoas, sendo filho de Antonio Rulli e de Justina Adelaide do Nascimento Rulli. se formou na Universidade de São Paulo. Seguiu carreira na magistratura, tornando-se desembargador do TJ-SP. Em 2012 foi aposentado compulsoriamente quando completou 70 anos. Desde então, dedicou-se à presidência do COPEDEM - Colégio Permanente de Diretores de Escolas da Magistratura Estadual, 2008/2015, instituição que ajudou a criar.

Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais, pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, 1962/1966. Pós-graduado em Ciência Política (Ciência Parlamentar) e Direito Constitucional, sob a orientação do Prof. Dr. Subash C. Kashyap, do Instituto de Ciência Parlamentar e Direito Constitucional, Nova Delhi, Índia, 1968/1969.

Mestre e Doutor em Direito do Estado, sob a orientação do Prof. Dr. Michel Temer, na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 1978/1982; Juiz Substituto do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, Concurso 138º, 1973; Juiz de Direito, Interior e Capital, 1974/1988; Juiz do Tribunal de Alçada Criminal do Estado de São Paulo, 1989; Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, 2000 a 2012, quando se aposentou.

Professor Universitário: 1967/2012, publicação de livros e artigos, diversos cursos no Exterior, participação em Seminários, Palestras e Congressos, Europa e Estados Unidos: 1982/2014. Juiz Eleitoral do TRE de São Paulo, durante dez anos, Capital e Interior Diretor da Escola Paulista da Magistratura, 2008/2010, Vice Diretor 2006/2008. Presidente da União Internacional de Juízes de Língua Portuguesa - 2011/2013. Presidente Honorário da União Internacional de Juízes de Língua Portuguesa - UIJLP, 2014.

Diretor da Secretaria de Relações Internacionais da Associação dos Magistrados Brasileiros - AMB, 2011/2013.

Com o falecimento do Acadêmico Antonio Rulli Junior abre vaga para a Cadeira nº 42.