Angela Gandra - Segundo discurso na ONU: Foco na Família: Preocupação nacional, repercussão mundial!

Angela Gandra feeafTemos agora um novo Ministério no Brasil instituído pelo Presidente Bolsonaro dedicado à Mulher, Família e Direitos Humanos. O foco especial na família pretende fortalecer sua estrutura e as relações dentro dela, partindo de sua liberdade e autonomia. A preocupação não é conceitual, mas visa enfrentar desafios reais e concretos, considerando também as diferentes conjunturas socioculturais e econômicas, com um olhar especial sobre as famílias vulneráveis. 

Para atacar as raízes dos problemas que afetam o bem-estar das famílias, foi criado um Observatório da Família para poder trabalhar com evidências e corresponder às expectativas da família para formular politicas publicas consistentes.

Nos primeiros três meses, já começamos uma campanha contra o suicídio e a automutilação; apresentou uma medida provisória para permitir que os pais possam empreender o homeschooling se assim o desejarem. Preparamos vídeos para ajudar os pais com adolescentes e com o impacto das tecnologias dentro das famílias. 

Também estamos estudando como ajudar famílias com doenças especiais, como esclerose múltipla. 

Outra preocupação é acompanhar as famílias em situações trágicas como a tragédia de brumadinho ou do escândalo com o pastor João de Deus. 

Violência, abuso, pedofilia e pornografia também estão sendo analisados. Em um mundo hipersexualizado, a informação deve ser difundida para as famílias sobre as relações humanas como tais, para superar o que antropologicamente chamamos de uma crise de amor e afetividade. 

Um dos alvos mais importantes é alcançar um equilíbrio saudável entre trabalho e família, fundamental para um crescimento social e econômico real e sustentabilidade das relações na sociedade. 

Esta projeção das famílias baseia-se no princípio da subsidiariedade, para que possam se firmar e se estabilizar em alguns anos.

O presidente Bolsonaro também afirmou em sua mensagem presidencial que o Brasil é amigo dos idosos. O governo não apenas promoverá seu bem-estar material, mas também a solidariedade intergeracional como um tributo e reconhecimento, e uma fonte de aprendizado e experiência. 

Estamos convencidos de que investir nas famílias é garantia de uma sociedade mais harmônica, pacífica e desenvolvida. Em vez de lidar com vários problemas sem fim, queremos trabalhar em soluções eficazes, fundamentadas em uma base essencial. Com esforços concretos e a sociedade como parceiros, esperamos realmente apresentar um considerável florescimento social qualitativo em 2030. 

DISCURSO EM INGLÊS:

Family, Reproductive rights and Aging.

We have now a new Ministry in Brazil instituted by President Bolsonaro dedicated to Women, Family and Human Rights. The special focus on the family intends to strenghten its structure and the relationships inside it, departing from its freedom and authonomy. The concern is not conceptual, but aims to face reality and concrete challenges, also considering the different socialcultural and economic circunstances, with a special eye on the vulnerable families.

To tackle the roots of problems which affect the welfare of families, an Observatory of the Family was created to be able to work with evidences and correspond to the expectations of the family to formulate solid public policies.

In the first three months we already started a campaign against suicide and self mutilation; presented a provisional meAsure to allow parents to homeschool and prepared material and videos to help parents with teenagers and with the impact of technologies inside the families, for example.

We are also studying how to help families with special diseases, as multiple sclerosis.

Another concern is to accompany Families in tragic situations as those from the tragedy of brumadinho or the sacandal with Pastor Joao de Deus.

Violence, abuse, pedifilia and pornography are also being followed. In an hipersexualized world, information has to be spread to the families about human relations as such, to overpass what we anthropologically call a crisis of love and affectivity.

One of the most important targets is to achieve a healthy balance between work and family, 

Fundamental for a real social and economic growth and sustainabilty of relationships in society.

This projection of the families is based on the principle of subsidiarity, so that they can be stabilized and selfassured in some years.

President Bolsonaro also stated in his Presidencial message that Brasil is a friend of the aged. The government will not only promote their material welfare but also the intergenerarional solidarity as a tribute and recognition, and a source of learning and experience.

We are convinced that investing on families is a guarantee of a more harmonic, peaceful and developed society. Instead of dealing with neverending several problems we want to work  on efficacious solutions, grounded in an essential basis. With concrete efforts, and society as partners, we really hope to present considerable qualitative social flourishment in 2030.